Baixe agora o livro gratuito:
Ferramentas para Voar

Esse livro surgiu de uma época em que eu só tinha cadernos e medos. Quando escrevia os medos nos cadernos parece que ficavam presos nas linhas. Como saiam de mim e iam parar lá? Não sei. Mas é a sensação que eu tinha. E à medida que os medos eram transferidos para os cadernos, timidamente foram aparecendo alguns sonhos. Quando a gente sente muito medo sente que perdeu o direito de…

…sonhar.

Só que com os sonhos era diferente.

À medida que eu escrevia os sonhos parece que os cadernos deixavam de ser um buraco negro onde jaziam os medos para sempre e passavam a ser cadernos de futuro. Onde eu brincava de escrever o futuro antes da hora.
Só que essa brincadeira ficou séria quando os sonhos começaram a acontecer, mas confesso que, de vez em quando, o medo ainda escapa daquele buraco negro.

E foi com o medo que aprendi a voar!

Voar é algo mágico e aprender a cuidar de nossas emoções também é. Quando descobri que tudo aquilo que sentia era ansiedade sai em busca da cura. Nessa busca encontrei ferramentas e pessoas pelo caminho. Até o amor.

Primeiro o amor próprio. Que preciso encontrar mais a cada dia. Bem depois é que veio meu companheiro.

Essa viagem mágica é contada no livro e o coautor é meu marido. Ele também tinha uma busca muito parecida com a minha (mas essa parte da história é um mistério escondido no livro que envolve a forma como nos conhecemos. Vou deixar pra quem quiser ler e desvendar).

Quando estava finalizando o livro tive uma revelação: Não existe um lugar chamado cura. A cura é um voo diário em direção a várias ferramentas que chamei de “Ferramentas para Voar”.

Não deu tempo de detalhar isso no livro. Nem era esse o objetivo. Foi aí que nasceu o projeto.

Essas ferramentas se encontram de forma sutil no livro. A própria escrita foi uma grande ferramenta pra mim, como falei no início. Em nosso site, redes sociais e posts, vamos tratar detalhadamente de todas elas em um voo conjunto. Nós e você. Porque é diferente pra você, pra mim, para os outros: -Somos singulares. Cada um com sua história, com sua dor, com seu momento.

Dividir nossas histórias também é uma forma de encontrar a cura. É ferramenta para voar!

Depois de ler esse livro, se sentir vontade, envie também sua história. Queremos muito te conhecer.

Será um prazer voar ao seu lado!

Com carinho,
Ana Rubert.

Preencha os campos abaixo para obter gratuitamente o material desejado